sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Resenha: Água para Elefantes



Título Original: Water for Elephants
Autor: Sara Gruen
Gênero: Romance/Drama
Editora: Arqueiro
ISBN-13: 6188729296158
ISBN-10: 8729296153
Ano: 2007
Páginas: 272
Edição: 
Tradutor: Anna Olga de Barros Barreto
 Preço: R$8,33 (Lojas Americanas)
Classificação: 

 Falando sobre a história: Água para elefantes inicia no clímax do enredo, com as jaulas dos animais se abrindo e o caos se alastrando. Os animais estavam batendo em retirada - iaques, ursos, girafas e grandes felinos - sem se importar com o que vinha pela frente. E então, Jacob vai até a grande tenda atrás de Marlena, a estrela principal do circo, e lá vê uma cena que fica marcada em sua mente até o momento presente. Jacob agora tem cerca de 90 anos e vive em um asilo juntamente com suas memórias do passado e segredos nunca revelados.

 A história é narrada por Jacob Jankowsky em episódios intercalados entre sua vida atual e seu passado. Após ficar viúvo, Jacob não conseguiu o apoio dos filhos, que tinham uma vida corrida e a solução foi deixa-lo no abrigo para idosos. Ele dá muito trabalho à enfermeira, que faz de tudo para que ele se alimente, se troque, se medique e ele sempre retrucando que não necessita de nenhum cuidado especial e que pode viver muito bem como as outras pessoas fora daquele lugar. Além de sempre arrumar encrenca discutindo com os outros velhinhos.

 Era o dia de visitas do Sr. Jankowsky, um de seus filhos o havia prometido de irem ao circo que estava na cidade. Após uma discussão, Jacob é obrigado a ir jantar no quarto por uma das enfermeiras e adormece. Nesse adormecer, se lembra de quando tinha 23 anos e como sua vida era naquele tempo. Prestes a se formar na faculdade de medicina veterinária, sua família não poderia estar mais feliz. Mas os planos daquele jovem não saem como o esperado. Um trágico acidente envolvendo os pais em uma batida de carro interrompe a conclusão do sonho de ser um renomado veterinário e ajudar a família. O pai era um homem bondoso que aceitava legumes e pequenos animais em troca do trabalho que realizava para pessoas humildes que não tinham condições de pagar com dinheiro. O banco diz que, por isso, a hipoteca da casa não havia sido paga, ou seja, nem mesmo a casa onde eles moravam pôde ficar nas mãos de Jacob, deixando-o não apenas órfão, mas sem um teto.

 Sem esperança alguma, Jacob caminha para longe da cidade e se aproxima de uma linha ferroviária, onde uma locomotiva surge a todo vapor. A primeira cosa que lhe passa pela cabeça é subir naquele trem e ver onde iria parar. Ele não sabia onde estava se metendo, pois o trem onde ele entrara era de um famoso circo - Os Irmãos Benzni, o Maior Espetáculo da Terra -, e acaba se infiltrando entre eles. A princípio, seu trabalho é remover esterco dos vagões. Mas logo se torna o cuidador dos animais, por sua experiência na faculdade. Lá, ele conhece as duas paixões da sua vida: Miranda, a mulher de August (um homem muito, mais muito cruel – podendo até mesmo parecer desumano), e a adorável Rosie, uma elefanta recém-comprada, que poderia ser a salvação do circo. O antigo "domador" acha que a Rosie é muito burra que que não serviria para nada. Mas Jacob descobre que na verdade ela é sim muito inteligente, mas foi treinada em outra língua, em polonês. 

 Existem outros personagens muito cômicos e interessantes como Kinko, o anão que divide o “quarto” com Jacob, o Sr. Camel, um velhinho que o ajuda a se adaptar no circo, Bárbara, uma cortesã que tira o fôlego de muitos rapazes, Lucinda, a mulher obesa da área de aberrações, e Blackie, um capanga fortão que adora jogar forasteiros do trem quando está em movimento.

 Minha Opinião: Divertido. Ler esse livro me proporcionou momentos prazerosos. Água para Elefantes foi um livro que, a princípio, não dava nada por ele, pelo meu “preconceito” com capas de filme. Confesso que não tinha o intuito de comprar o livro, mas, certo dia, fui presenteada com ele. Mas, quando comecei a ler o prólogo, fiquei tão curiosa que em menos de dois dias terminei de ler. E em seguida fui procurar o filme para assistir cruzando os dedos para que tenham sido fiéis (porque não tem coisa pior para um leitor do que as modificações na história que o cinema adora fazer). Embora pequenas coisinhas não estivessem no seu padrão, como o início, onde Jacob já está no circo brigando com os rapazes por ter perdido o horário do espetáculo, enquanto no livro ele narra sua estadia no asilo, é perdoável. Mas, todo o resto, achei que conseguiram ser razoavelmente fiéis. E os atores não poderiam ter sido os melhores para os papéis principais: Robert Pattinson (Jacob), Reese Witherspoon (Marlena) e Christoph Waltz (August).


 Voltando ao livro, outra coisa que gostei foi a bela descrição dos espetáculos. Eu me imaginava sentadinha no picadeiro e comendo pipoca de olhos arregalas olhando tudo aquilo que ele contava. Água para Elefantes é exatamente o tipo de livro que eu amo ler, com romance, drama e aventura, mas tudo isso atrelado a algo novo, algo que eu desconheça. Eu nunca imaginava o circo internamente, por exemplo, como eles vivem na realidade, principalmente os grandes circos de mais de oitenta e poucos anos atrás. Repito, foi muito divertido, e eu passei a habitar alí, entre eles, até a última página.

E-book: Você encontra gratuitamente em PDF clicando AQUI!
Quotes

"Fico acordado até de madrugada, ouvindo Queenie ressonar e me sentindo inteiramente arrasado. Há menos de um mês eu estava prestes a me formar e começar uma carreira ao lado de meu pai. Agora estou a um passo de virar um mendigo - um empregado de circo que caiu em desgraça não só uma, mas duas vezes em apenas dois dias."

"Meu Deus, o que será que fiz ontem à noite? Não tenho a menor ideia. A não ser algumas vagas lembranças e... 
Ai, meu Deus. Vomitei em cima de uma mulher."

"Não sei como aconteceu - eu a puxei ou ela me procurou? -, mas ela está em meus braços e nós estamos valsando, nos inclinando e deslizando na frente da corda pendurada frouxamente. Ao girarmos, avisto a tromba levantada e a cara sorridente de Rosie."

"Meu Deus, sinto falta dessa mulher. E não apenas porque se ela ainda estivesse viva eu não estaria aqui, embora essa seja a mais pura verdade. Não importa quanto ficássemos velhos, cuidaríamos um do outro, como sempre fizemos. Mas, depois que ela partiu, eu não podia contar com meus filhos. A primeira vez que sofri uma queda, eles providenciaram para que eu fosse costurado antes que eu pudesse dizer um Mas, papai, o senhor fraturou a bacia, disseram, como se eu não tivesse notado."

"Ela pára e vira o rosto devagar para me encarar. Primeiro olha para meu peito, depois, para o chão. Baixo os olhos para fitá-la, subitamente sem fala.
 _Ontem à noite você disse 'preciso de você'. Você não disse a palavra 'amor' então só sei o que eu sinto. - Engulo em seco, piscando para linha que divide seus cabelos. - Eu amo você, Marlena, de corpo e alma, e quero ficar com você."


Meu Exemplar



Cenas do Filme



Um grande beijo, esperem as próximas resenhas!


Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Oi
    que bom que gostou da resenha, eu quero ler o livro quem sabe eu leia o e-book e ainda nem assisti o filme.
    já li resenhas negativas e positivas, mais parece ser interessante. Não sabia que Jacob era um idoso briguento.

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Confesso que não tenho muita vontade de ler esse livro, mas vou conferir o filme!!
    Adorei as fotos :)
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Esse livro não me chama muito a atenção, para falar a verdade. Você ter gostado da obra é um incentivo e tanto para eu arriscar a leitura, mas não sei se conseguirei me envolver com a trama. Não sou muito fã desse gênero de livro.
    Ótima resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Amamos seu blog ! ♥ Deus abençoe !

    http://unidasporum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente algo sobre. Seu comentário é muito importante!


Layout: Natana Duarte | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©